OUTONO -- é uma estação que muito me agrada :) fomos ver ...

1125-7.JPG

IMG_0006.JPG

IMG_0016.JPG

IMG_0019.JPG

IMG_0020.jpg

IMG_0022.JPG

IMG_0024.JPG

IMG_0025.JPG

IMG_0026.JPG

IMG_0027.JPG

IMG_0078.JPG

IMG_0086.JPG

IMG_0093.JPG

IMG_0094.JPG

IMG_0095.JPG

IMG_0097.JPG

IMG_0098.JPG

IMG_0099.JPG

IMG_0104.JPG

IMG_0204.JPG

IMG_0205.JPG

IMG_0206.JPG

IMG_0207.JPG

IMG_0208.JPG

IMG_0209.JPG

IMG_0210.JPG

IMG_0211.JPG

IMG_0213.JPG

IMG_0214.JPG

IMG_0476.JPG

IMG_0482.JPG

IMG_0483.JPG

IMG_0484.JPG

IMG_0485.JPG

IMG_0486.JPG

IMG_0487.JPG

IMG_0488.JPG

IMG_0491.JPG

IMG_0493.JPG

IMG_0494.JPG

IMG_0492.JPG

IMG_0495.JPG

IMG_7911.JPG 

O Outono já chegou…

Deitou as folhas ao chão!

E procurou ávido, curioso,

O âmago, o coração!...

Veio em redemoinhos…

Veio nos pés do vento…

Não atendeu um lamento,

E devassou, e despiu

Sem carinho, em gesto cru,

Quis ver tudo bem por dentro…

Tinha a volúpia do nu!...

IMG_7912.JPG

IMG_7913.JPG 

Era satânico, cruel,

Mas disfarçou seu intento

Num entardecer doce, lento,

Que o simulava de santo

No seu manto de burel!

Sob tanto enfeite lindo

De frutos, folhas, flores,

O Outono desconfiou

Que as árvores queriam esconder

Erros de estranhos amores!...

IMG_7914.JPG  

Então a raiva cegou-o!...

Chegou, despojou, varreu…

Em procura de pecados

Quase nenhuma esqueceu!

Mas parou envergonhado

Porque disfarçadas nas graças

Que a Primavera lhes deu,

Tudo o que as árvores fizeram

Foi crescer direito ao céu!...

IMG_7915.JPG 

Enganara-se o Outono

No conceito de beleza…

Primavera – é mocidade

E ser menina – é pureza!

IMG_7916.JPG 

Então o Outono triste,

Cheio de mágoa recuou…

E deixou passar o Inverno

Que a tristeza – chorou!!!

.

Maria José Rijo

1953

IMG_7917.JPG

IMG_7918.JPG

... 

publicado por paphotografy às 15:07